Especialista em segurança do trabalho abre fórum permanente da Ascon Vinhedos

Sexta-Feira, 05 de setembro de 2014

Primeira edição permitiu reflexão sobre a importância da relação entre empregador e empregado

As obrigações de empregadores e empregados e as mudanças nas normas de segurança do trabalho foram discutidas na noite de quinta-feira, 4 de setembro, pela Ascon Vinhedos na estreia do Fórum de Segurança, o primeiro de uma série de encontros permanentes que visa o debate, a troca ideias, o compartilhamento de experiências sobre o tema.

Nesse primeiro encontro, que contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas, entre empresários e profissionais do setor, foi convidado para palestrar o engenheiro Sergio Ussan, integrante da Comissão de Política e Relações do Trabalho (CPRT), coordenador do Grupo de Estudos do Ambiente de Trabalho do Conselho de Relações do Trabalho e Previdência Social (Contrab) da Fiergs, coordenador do curso de pós-graduação de Engenharia de Segurança do Trabalho da Unisinos e membro do Comitê Permanente Nacional Tripartite da NR-18 representante da CNI.

Ussan abordou mudanças nas normas NR-1, NR-15 e NR-18, além da polêmica NR-12. Também enfatizou aos participantes que segurança não é custo, mas investimento, o que permite ampliar a produtividade e qualidade dos serviços. Treinamento foi o item mais importante apontado pelo especialista e destacou que é preciso mudar as técnicas construtivas para a mecanização.

“O empregador precisa ter em mente que a mão de obra é muito importante, muito mais que o material, e para isso é preciso proteger seu empregado, por meio do cumprimento de normas. Já o empregado precisa ter a consciência e a preocupação de se proteger, não fugir dos cuidados essenciais. Esses cuidados, de ambas as partes, garantirão a segurança tão almejada”, salientou.

Para Diego Panazzolo, presidente da Ascon Vinhedos, a intenção do Fórum de Segurança é reforçar a atenção da entidade com a área da prevenção de acidentes do trabalho na construção. “Queremos ser exemplo das boas práticas, portanto segurança é a nossa bandeira”, concluiu Panazzolo.

O projeto já tem data para um novo encontro e será com Maria Muccillo, da Fundacentro, que conduzirá quatro encontros em um trabalho intensivo a ser realizado nos dias 7, 9, 14 e 16 de outubro, no Salão de Eventos do CIC/BG. Todos os associados poderão participar gratuitamente.

Crédito fotos: Lucinara Masiero/Conceitocom Brasil

Patrocinadores


Apoiadores

Índice INCC-M

Dezembro/2021 - N° Índice: 960,894

0,30

no mês

14,03

no ano

14,03

12 meses

Nós utilizamos cookies neste site para melhorar a sua experiência de navegação e nosso desempenho, analisar como você interage em nosso site ou ainda para personalizar conteúdos. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade.

PROSSEGUIR